Em memória de Akouavi Abalo, vó

Akouavi Abalo 
Despedida?!,

A nossa não foi das mais normais, das mais formais, não foi por um beijo, nem por um abraço,

Eu fui prometendo que voltaria,

Eu fui acreditando que teria a oportunidade de te ver de novo,

Eu fui acreditando que quando eu voltaria, você me chamaria de Dokita ( doutor),

Eu fui acreditando que era imortal,
Imortal? Quem disse que você morreu se você continua nos nossos sorriros, nas nossas lágrimas, nos nossos pensamentos
Akouavi,

Avó,

Mulher Guin,

mãe de todos, 

mãe do mercado de nukafu,

batalhadora, guerreira, firme, forte, 
Akouavi,Foi-se deixando história, 

sendo autêntica, sendo única, 

Foi-se levando o seu coração, a sua generosidade, o seu carisma,

Foi-se deixando ensinamentos, deixando para cada um de nós um pouco de Akouavi, e levando um pouco de nós 
Uma despedida mais formal me deixaria mais feliz hoje? 

Um abraço daqueles demorados, e apertados?!

Não sei,

Como saber se a vida não me deu a oportunidade de fazê-la, 

Se a morte te levou tão perto do meu sonho, do seu sonho, do nosso sonho, 
Longas viagens nos reservam surpresas, 

Eu fui, voltarei, sem te ver, 

Seria egoísmo da minha parte te querer só para minha família ?

Seria egoísmo da minha parte não querer que você vá mesmo cansada? 

Seria egoísmo da minha parte?

Quem foi para uma longa jornada agora é você, 

uma jornada sem volta,

Te amo 

Do Fleury frio que você dizia para você, Akouavi Abalo 

Publicités

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s