Temos o direito de errar 

A nossa geração tem uma peculiaridade. É a geração obrigada a fazer escolhas muito mais cedo que as antigas. Enquanto adolescente, já temos que decidir o que faremos da nossa vida profissional. Temos que decidir se estudaremos longe dos pais ou não. Decisões muito delicadas. Para a carreira profissional, às vezes fazemos testes vocacionais que só conseguem nos dizer mais ou menos a profissão que podemos seguir, não é algo em que podemos confiar 100%.

Enfim, passamos no vestibular, começamos o curso que sempre achamos que era dos nossos « sonhos » e vemos que não é realmente isso que queremos para nossa vida. Começam a vir aqueles medos, aquelas frustrações de sermos infelizes para sempre lidando com algo que não queremos. Com esses medos e frustrações vêm as notas ruins, preocupações, depressões etc… 
Nosso primeiro pensamento é « Nós nos tornamos burros? Nossos pais entenderiam o porquê de não estarmos conseguindo passar? » 
Nossa primeira preocupação é se as pessoas entenderão que não estamos felizes com a nossas escolhas, que queremos abandonar o nosso curso, a especialização etc..
 

Temos o dever de nos darmos mais uma chance, um momento para pensar e retornar, recuar para dar um pulo melhor. O que adianta avançar se for no escuro? Pense mais um pouco e avança, tente mais uma vez. Tire umas férias, você tem o dever de oferecer isso a seu corpo e a sua mente.

Por outro lado, tem muita gente que não tem o direto de errar, aquela pessoa que as balas da policia erraram a vida inteira e está viva até hoje. Estou falando dx pretx pobre e faveladx. Para essa pessoa foi difícil passar no vestibular da universidade pública, foi difícil ganhar aquela bolsa da universidade particular, ou conseguir o financiamento do FIES. Ela também passa por aquela situação que passamos, mas vai abandonar o curso? Vai conseguir os financiamentos de novo? E as dívidas deixadas? Além dessa preocupação, tem a vontade dos pais verem ela se formar logo para não depender mais financeiramente deles.

Temos o direito de errar, mas será que todos nós? O sol brilha em alguns lugares, enquanto em outros é a lua que ilumina.

Publicités

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s